A INTELIGÊNCIA DE DEUS

A inteligência de Deus age sob sua própria decisão. É criadora, autônoma e com características de imprevisibilidades infinitas.


A inteligência de Deus não se move dependente da lei natural. Deus, na sua inteligência, estabelece a lei simultaneamente no ato da criação.


O natural, espécies vivas, existem e coexistem como resultado das ações criadoras do causador divino em processos lineares. As relações dos elementos vivos interagem. O natural é resultado por que não tem antecedentes autônomos. Não reage em probabilidades sem o causador criador. Não se manifesta em imprevisibilidades. Não abre variáveis, além do natural, do lógico e do previsível em suas interações. Não reside em si mesma, no natural, a capacidade autônoma para infinitas possibilidades de mutações. A natureza segue linha reprodutora linear, isto é: transfere resultados antecedentes, de si mesma, em estruturas presumíveis, lógicas e previsíveis. A previsibilidade se encontra na mecânica, eletricidade, acidentes geográficos, astronomia etc...


A inteligência divina é causadora, não é o acaso. O acaso não decide ações. O acaso é acontecimento móvel surpreendente, porém, segue na ordem lógica.

A "explosão" não foi inteligência causadora. Quem a causou foi a inteligência divina. Portanto, e nessa lógica, foi um evento causado, o que a partir daí, seus naturais desdobramentos


A inteligência humana não cria nada do nada. A inteligência humana, sim, agrupa e reagrupa o que já fora criado. A inteligência humana limita-se a conhecer, manipular, interagir elementos e até aprimora o que já é existente.

A inteligência humana não ultrapassou os limites da pedra. Ao enxergar a pedra, ignora o criador da pedra. No criador, ele atira pedras que recusam enxergar a rigidez da sua insistente e incrédula ignorância.

13 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

O CHAPÉU

Outro dia a minha mãe caiu na besteira de perguntar: o que você tem na cabeça? O cinismo agiu rápido: chapéu! - respondi. A feição de mãe geralmente é vista como a de Maria, aquela do Salvador. Nesse

DE PONTA A PONTA

A fé - natural ou espiritual - entra na simetria que não se anula. Assim, se prolonga em desenvolvimento e se completa plenamente em propósitos. A fé natural é pragmática e limitada, por isso não comp

O COMEÇO DA CURA

Um dia Jesus estava aparentemente sem paciência. Definitivamente, o Senhor não perde tempo justamente na hora da dor. Diante de uma necessidade, Jesus viu algo que impedia a cura. Impacientou-se. Afin

  • Facebook
  • Instagram

BRADESCO  1994

C/C 365459

CEF 2437 - 013

Poupança 00624049 - 0

Ministério Pastoral

Judson Santos

+ de 30 anos de

serviços prestados