A MORDAÇA

Cala a boca, menino!" é o que mais se ouvia de uma mãe ou pai já irritados com o filho que não parava de chorar. Ou o menino puxava a saia da mãe dizendo: mãe, mãe, mãe! - e o que ele ouvia como resposta era um cala boca irritado e sem paciência. Isto é... Para alguns pais que não leem a Bíblia.

Um dos dons, melhor dizendo, o primeiro do que o apóstolo Paulo lista para a sustentação do Corpo de Cristo é a palavra da sabedoria. Lá diz:


Porque a um é dada, mediante o Espírito, a palavra da sabediria. 1 Coríntios 12:8.Paulo, que palavra é essa?Acho que Paulo sabia nem o que dizia. Ele conhecia bem as lamentações do povo no deserto. Ele experimentou a bronca de Festo por falar muito; mas não demais.Falar muito, reclamar e chorar é coisa de menino. Isso também está no contexto dos corintianos e dos palmeirenses.Paulo foi mais além do que lamúrias infantis. Ele conhecia bem o conceito de sabedoria dos gregos. Essa sabedoria helênica pautava pela vaidade em dizer teorias novas nas praças. Paulo bem com outra proposta. Ou seja: sabedoria não é teoria sobre o ovo e a galinha. Sabedoria é atitude para com o próximo. Daí vem os apóstolos, culminando no verbo em João quando ensinou que Jesus não é peripatetico loquaz. Paulo complementou que a fé não se apoia na sabedoria dos homens, mas na sabedoria de Deus. Pois bem... Vivemos tempos de mordaça. Na política, a liberdade de expressão corre o risco de adjetivos impublicáveis. Entretanto, sabedoria não é a política da fala. Não é o muito ou pouco falar. Sabedoria é o conjunto de atitudes, expressões e ações que resultam em benignidade. Os orientais estão bem a frente dos cristãos nesse quesito. Por que estou dizendo tudo isso? Porque aconselhamento é o exercício magistral do dom da sabedoria. Aconselhar é a sabedoria vivenciada e ensinada por Paulo, Tiago, Jó, Salomão e tantos outros.Nos tempos da Graça, Deus distribuiu, de graça, dons na igreja. Agora vem a desgraça: Quem amordaçou os sábios da igreja? Quem amordaçou os conselheiros da igreja? Talvez os que amordaçaram na igreja são aqueles "ignorantes" que Paulo citou no começo do capítulo doze. Acho Paulo pegou leve... Por mim já os chamava de "raça de víboras" e coisa e tal...Deus, salve-nos da ignorância... e dos ignorantes! Deus, salve-nos dos que amordaçam os construtores das sete colunas na igreja.


JUDSON SANTOS Membro da AELDF

Posts recentes

Ver tudo

DE PONTA A PONTA

A fé - natural ou espiritual - entra na simetria que não se anula. Assim, se prolonga em desenvolvimento e se completa plenamente em propósitos. A fé natural é pragmática e limitada, por isso não comp

RESPOSTA ANTES DA PERGUNTA

A língua portuguesa tem regras e detalhes na escrita que mudam o sentido no percurso da comunicação. Por exemplo, as palavras PORQUE e POR QUE têm uma diferença mínima entre si. Apenas um pequeno espa

A INTELIGÊNCIA DE DEUS

A inteligência de Deus age sob sua própria decisão. É criadora, autônoma e com características de imprevisibilidades infinitas. A inteligência de Deus não se move dependente da lei natural. Deus, na s

  • Facebook

BRADESCO  1994

C/C 365459

CEF 2437 - 013

Poupança 00624049 - 0

Ministério Pastoral

Judson Santos

+ de 30 anos de

serviços prestados