A RESPOSTA CHEGA ANTES DA PERGUNTA


A língua portuguesa tem regras e detalhes na escrita que mudam o sentido no percurso da comunicação. Por exemplo, as palavras PORQUE e POR QUE têm uma diferença mínima entre si. Apenas um pequeno espaço. A união da palavra traz a resposta. Ao separá-la, muda todo o sentido porque aponta para a pergunta: POR QUE?


No evangelho de João, capítulo 3 e verso 16 diz: Porque Deus... Isso já é a resposta que se antecipa à possível pergunta.


A provável pergunta é a resposta, a suficiente explicação do motivo do extremo ato de Deus.


Por que Deus entregou seu único filho a morte? Por que Deus entregou e deixou seu único filho para morrer na cruz? A resposta se antecipa, sem abrir espaço no "por que" dos questionamentos: Deus deu o seu único filho PORQUE ele amou o mundo de tal maneira...


A Palavra se antecipa na resposta, mesmo quando o pensar humano não pergunta nada sobre esse mistério.


O por que que Deus deu a vida eterna aos homens, ainda permanece sem resposta. Mas como se alcança a vida eterna, isso, sim, tem resposta: no amor de Deus. Nenhum ser vivo jamais conseguiu expressar amor, assim como se manifestou na entrega e na morte do único filho de Deus.


Por fim, entenda o texto de João quando ele diz: ....de tal maneira. Ao fazer a seguinte pergunta: quem faria o mesmo que Deus fez? A resposta já responde o significado de: "...de tal maneira".


JUDSON SANTOS

0 visualização