ANJOS PROTETORES

Ninguém tem asas, voa e muda de lugar como Anjos. O privilégio de quem é protegido por Anjos é diferenciado dos mortais comuns. Andar descalço da prudência, desprovido de vigilância, não fazem invencíveis os pés ao deslocar-se. Os protegidos, os cercados pelos Anjos, esses, sim, são os salvos da mediocridade. Salvos da pequenez. Os mesmos Anjos do templo de Isaías, têm asas no corpo imaterial, na transparência bem real. Nada segura. Nada detém. Nada vence os Anjos que não nasceram, mas criados já adultos. Criados pelo Criador para voarem invencíveis. Voam fáceis. Não caminham no baixo indigno; voam alto! Digno. Os protegidos pelos Anjos não só voam alto, como também voam com visão aguçada. Fazem aguçadas escolhas, requintadas. Nesse poder de fazer escolhas, os protegidos pelos Anjos tem total liberdade. Escolhem um chão sem deserto, Edem sem serpente, Canaã sem Jericó. Escolhem caminhos com critérios. Nesses caminhos a vida caminha de braços dados com a verdade. Amam! Os protegidos pelos Anjos, voam para outro lugar, qualquer lugar, no tempo desejado. No pouco faz o voar para o muito. Voa, voa... Voa aqui, voa ali, voa acolá. Voa até achar um lugar que ofereça novos e belos horizontes. Bem melhores que os velhos horizontes. Os protegidos pelos Anjos não se sujeitam no chão que humilha. O lugar dos protegidos pelos Anjos é lugar alto, bem alto. A altitude é melhor na atitude. Se existem: o melhor chão, o melhor rio, a melhor árvore, ali é o lugar do melhor almejo. Se outro lugar não tem, ou nada tem ou pouco tem, os protegidos pelos Anjos simplesmente voam. Voam com asas emprestadas dos Serafins. Os voos rasantes dos Querubins não atrapalham, nem reprovam; aprovam.

JS

Posts recentes

Ver tudo

NÃO APRENDI A SER SÓ

Não aprendi a ser só Sem a sua mão Perco a direção Sofro no descaminho Coração em desalinho Não aprendi a ser só Corro, fujo da sua ausência Quase morro na imprudência Dia sem sol, só mormaço Chega a

O COMEÇO DA CURA

O COMEÇO DA CURA Nesses dias Jesus estava sem paciência. Expulsou pessoas do templo, criticou duramente os fariseus... Definitivamente o Senhor Jesus não tem paciência quando pessoas mostram resistênc

CARPINTARIA DO JOSÉ

Há muitos anos José era casado com Maria e pai de um jovem que gostava de ouvir seus ensinamentos. Ao abrir a porta da carpintaria, o "seu" Zé, como era conhecido, entra cantando na sua oficina para m

  • Facebook

BRADESCO  1994

C/C 365459

CEF 2437 - 013

Poupança 00624049 - 0

Ministério Pastoral

Judson Santos

+ de 30 anos de

serviços prestados