COMPENS(A)ÇÃO


Bestas são as feras Caras feias Venço na cautela Sou amigo do rei



Migalhas na mesa Moedas contadas Amealhei a paz Sou amigo do rei


Passos lentos Portas trancadas Fé desobstruída Sou amigo do rei


O mar na calma Esconde a tormenta Sigo o céu Sou amigo do rei


O tempo esqueceu Não disse nada Hoje eu grito Sou amigo do rei


Flechas são certeiras Entre a dor e o morrer Prefiro as tâmaras Sou amigo do rei


Autor: JUDSON SANTOS

Posts recentes

Ver tudo

VOCÊ

Você foi embora Embora, talvez não volte Volte amanhã Amanhã de manhã acordo Acordo para esperar você chegar Chegar a noite, na cama Cama ainda vazia, fria Fria foi aquela despedida Despedida com voc

COMPENSAÇÃO

Bestas são as feras Caras feias Venço na cautela Sou amigo do rei Migalhas na mesa Moedas contadas Amealhei a paz Sou amigo do rei Passos lentos Portas trancadas Fé desobstruída Sou amigo do rei O mar

ODE DOS AUSENTES

Dissabor Sem humor Sem fervor Sem calor Despertador Azedo Sem medo Sem quedo Sem tredo Arremedo Exclama Sem alma Sem calma Sem xalma Espalma Desgosto Sem mosto Sem posto Sem rosto Descomposto

  • Facebook

BRADESCO  1994

C/C 365459

CEF 2437 - 013

Poupança 00624049 - 0

Ministério Pastoral

Judson Santos

+ de 30 anos de

serviços prestados