...MAS QUE INFERNO!

- Cara... Estou mal. Preciso conversar com você. - Conversar? - É... Desabafar, botar tudo pra fora. Sei lá! - O que foi dessa vez? - O meu irmão... Mandei ele pra PQP. - Aquele crente? Ele é tão gente boa! Por que você fez isso? - Sim, é. Mas dessa vez ele pegou pesado comigo. Ele me chamou no Whatsapp e começou a conversar trivialidades. Coisas de família, viagens, etc e tal. - Sim. - Num momento da conversa ele perguntou se eu estava na igreja ou se continuava ateu. Eu respondi com o silêncio. Até quis corrigir. Não "continuava ateu". Apenas me tornei cético com a interpretação bíblica sobre o inferno. Não creio no Deus que é amor e criador do inferno. - Sei... - Quem cria um inferno é a minha vizinha quando o marido chega em casa bêbado na madrugada. Só ouço palavrões na madrugada. Quem cria um inferno é minha mulher quando força eu ir pra igreja dela. Ela não convida. Ela me obriga a ir na igreja dela. Quem cria um inferno é o meu filho quando vende as coisas de casa para comprar drogas. Grita pelos cantos da casa que não pediu pra nascer. Ameaça acabar com a própria vida. Existem infernos piores que esses, meu amigo? - Se esses exemplos são infernos, não sei. Contudo são situações onde palavras violentas não resolvem nenhum problema. Só agravam. Mas voltando ao seu irmão... - Ah!... Sim! Sim! Ele entende bem de Bíblia. Já fomos professores de EBD. Ele continua na igreja, com as mesmas conversinhas mansas. Eu não. Mas também não duvido da existência de Deus. Poxa! Só não acredito que Deus criou inferno. Só isso. - Acho melhor você conversar com o pastor do seu irmão. - Pra quê? Por quê? - Evitar que você ofenda seu irmão novamente com palavras. - Ele disse que eu ia para o inferno e eu disse pra ele ir pra... - Já sei. Você já falou. Amigo... Acho que o problema maior em todos esses casos não são os problemas mencionados. - Não? - Não. - E o qual é o problema dos problemas? - O problema dos problemas está em como lidar com as situações. Como conversar. Como tratar o problema é o caminho mais curto para a solução. Agressões verbais são tentativas em acabar com incêndio usando gasolina. - Verdade... Obrigado pelas palavras, meu amigo! Vou me esforçar pra acabar com o meu inferno usando palavras que não sejam tão violentas. - Isso! Palavras violentas transformam relacionamentos e ambientes num verdadeiro inferno! - Nesse inferno eu acredito. Esse existe.

Posts recentes

Ver tudo

DISTRIBUIDOR DE MILAGRES

Se eu puder distribuir milagres, faço delas a realização dos meus melhores sonhos. Como aluno e imitador de Cristo, ainda quero distribuir esses milagres: Dar feijão ao pobre e matar a fome dos famint

  • Facebook

BRADESCO  1994

C/C 365459

CEF 2437 - 013

Poupança 00624049 - 0

Ministério Pastoral

Judson Santos

+ de 30 anos de

serviços prestados