MUITO POUCO

Não é unanimidade enaltecer esses advérbios. Muito pouco me importo com os contrários. Não vejo mérito ao que é muito. Tenho muito pouca disposição em intensificar advérbios na injustiça. Na desigual distribuição, muitos ficam com muito pouco. Outros, nada. Muito injusto.


Um pedaço de pão é muito pouco para quem tem muita fome. Basta um pouco de água. Ao menos para se livrar da sede. O sol está a pino.

Brilhe muito, mas generosamente. Inspire-se no sol. Logo ao entardecer, o sol reparte um pouco da sua luz com o luar.

Cubra-se à noite com o silêncio. Agradeça os passos que, embora não muitos, o fizeram se cansar. Descanse. O tempo da noite é pouco e a estrada ainda é muito longa.

Não espere muito ao amanhecer. Não, não nessa manhã. Ao amanhecer apenas agradeça. Isso é muito importante. Importa reconhecer, ainda que isso seja muito pouco, para ser justo.

Nem tudo é tão pouco que não seja, em algum tempo, suficientemente muito bom.

Posts recentes

Ver tudo

PROVÉRBIOS II

Os dias se vão como um vento; com o vento. Uivam feito lobos. A temperatura cai no inverno; o sol se levanta desafiando o frio. Ventos sopram. Os intermináveis ir e vir dos dias esquecem no passado os

BENDITOS INSUPORTÁVEIS

Se você é uma daquelas pessoas que enxergam Deus com sede, o alcança e caminha ao seu lado oferecendo-lhe água fresquinha; Se você é uma daquelas pessoas que mata a fome de Deus ao oferecer--lhe um pr

PAZ E PONTO FINAL

Viva o dia de hoje como estivesse escrevendo um livro. Um novo livro. Comece uma nova história. Uma nova página. Comece pelo recomeço. Deixe Deus sugerir palavras. A história pode ter um final feliz o

  • Facebook

BRADESCO  1994

C/C 365459

CEF 2437 - 013

Poupança 00624049 - 0

Ministério Pastoral

Judson Santos

+ de 30 anos de

serviços prestados