O MENINO E SEUS AMIGOS

O menino, o tempo e a alegria brincavam soltos em sorrisos fáceis. O menino pergunta para o tempo o por que ele caminha tão rápido. O tempo responde que o seu caminhar é rápido devido a agilidade da alegria. Seguir a alegria não é pra muito tempo - arrematou. Nesse meio tempo, chega a tristeza, interrompe o diálogo do menino, e mostra na cara que tem poucos amigos. O tempo, só de perceber a chegada da tristeza, caminha bem mais devagar. O menino ao ver o tempo caminhar mais devagar, o chama para correr rápido, alcançar a alegria e deixar para trás a tristeza. O tempo responde:


- Não posso correr atrás da alegria se, esse é o momento onde a tristeza faz permanência na ocorrência justa. Injusta não é a tristeza. Justa é a ocorrência que não erra nas medidas da alegria e da tristeza.

Interrompendo a explicação sábia do tempo, a ocorrência se aproxima sem discrição. Sem perder tempo a ocorrência reclama seus direitos:


- Melhor é o seu silêncio do que as vozes sem a exata noção da dimensão do poder da ocorrência.


A ocorrência, autoconfiante e arrogante, como sempre, grita para todos:


- Vamos! Façam a vida acontecer!


A alegria e a tristeza seguem juntos com a ocorrência, sem perder de vista o tempo que não se afasta do menino um só momento.


O menino, amigo inseparável do tempo, envelheceu. As lembranças são pegadas das alegrias e das dores da tristeza.


O tempo segue silencioso. Não se importa com os medos. Nem com os envelhecimentos. Ele se cala diante das mudanças. Não retorna para buscar o que se perde e quem se perde. Não se alonga nas alegrias.


O tempo segue... E, em cada coração, deixa as profundas marcas da saudade.


JUDSON SANTOS

Posts recentes

Ver tudo

O CHAPÉU

Outro dia a minha mãe caiu na besteira de perguntar: o que você tem na cabeça? O cinismo agiu rápido: chapéu! - respondi. A feição de mãe geralmente é vista como a de Maria, aquela do Salvador. Nesse

A SEGUNDA CACHAÇA

Foguinho, pede mais uma que eu pago; não saia de fininho. Não aceite outra loira quente. Só pago se vier bem gelada. Deixa essa cara de tristeza. Se você me disser que sua tristeza é por causa da Tere

MUITO POUCO

Não é unanimidade enaltecer esses advérbios. Muito pouco me importo com os contrários. Não vejo mérito ao que é muito. Tenho muito pouca disposição em intensificar advérbios na injustiça. Na desigual

  • Facebook

BRADESCO  1994

C/C 365459

CEF 2437 - 013

Poupança 00624049 - 0

Ministério Pastoral

Judson Santos

+ de 30 anos de

serviços prestados